Blogico

Índice

Sobre o Autor
Giorgio Galli, o Gico
Giorgio Galli, o Gico

Gico é desenhista e quadrinista, atuando no mercado há mais de 20 anos. Já participou dos maiores eventos de quadrinhos do país, e lançou duas séries de quadrinhos independentes: Salomão Ventura – Caçador de Lendas e Esquadrão Vitória, que traz uma abordagem vintage para heróis brasileiros. Atualmente trabalha na série Pop Art Heroes, para o mercado americano. Gico coordena um curso de desenho que leva seu nome desde 2011, e foi baseado na experiência adquirida em sala de aula com mais de 1000 alunos que desenvolveu esse curso.

Curso de Desenho Grátis. Será que vale a pena?

Você deve estar aí pensando: claro que ele vai dizer que não! Afinal de contas, ele TEM um curso de desenho pago! Não vai jogar contra o próprio time… Bom nesse caso, a resposta bem sincera é: depende! Eu explico.

Há qualidades em cursos gratuitos, não se pode negar! Ei, lembre que além do meu curso pago, também tenho uma espécie de curso gratuito de desenho, através das inúmeras aulas que disponibilizo tanto em minha conta no Instagram (se ainda não segue, clique aqui e veja só quanto conteúdo bacana!) quanto em meu canal no YouTube (também fica meu convite pra você assinar o canal, tem vídeo novo toda semana). O grande problema do conteúdo gratuito é que em sua maioria ele não tem uma didática organizada, sendo que os assuntos vão sendo abordados de maneira aleatória, sem a preocupação de um crescimento sustentado do conhecimento. 

Imagem 1

Além disso, cursos gratuitos não têm nenhum tipo de suporte ao aluno. Como tirar dúvidas? A quem reclamar se algo não for bem explicado? E a garantia do curso, quem dá? Nada disso existe. O aluno está por conta própria em um curso de desenho gratuito (ou em qualquer outro curso gratuito, na grande parte das vezes).

Muita gente valoriza algum tipo de certificado ou diploma na conclusão de um curso. É uma preocupação legítima, já que em muitos casos o certificado serve para cobrir horas em estágio e coisas do gênero. E adivinha? Curso de desenho gratuito não tem nada parecido. 

Para quem serve o curso de desenho grátis?

“Bom, até agora você só falou coisas negativas sobre curso de desenho gratuito… Cadê o tal depende?” Bom, Padawan, o “depende” é o seguinte: qual o nível em que o aluno está? Suponhamos que um aluno em estágio avançado tenha alguma dúvida sobre, digamos, como desenhar o deltóide e sua conexão com a musculatura do braço. Talvez essa dúvida em particular possa ser sanada com uma pesquisa em atlas de anatomia, ou em um vídeo de algum desenhista/instrutor no YouTube. Se a dúvida, naquele momento, era só essa, para esse cara o curso de desenho gratuito funciona bem. Uma dúvida pontual, um tutorial espalhado em uma miríade de informações sem hierarquia, um remédio para uma dor específica.

No entanto, se o aluno é um iniciante, ou talvez alguém que tenha retomado o hábito do desenho depois de um bom tempo parado, nesse caso o curso de desenho gratuito pode ser um tiro no pé: ele pode trazer frustração (pois os temas são abordados de maneira mais direta, muitas vezes acelerada e sem nenhum tipo de suporte), mais confusão (mas que diabos é um “deltóide?!”) e em última instância, desistência. E ninguém quer que isso aconteça, não é mesmo?

Quando optar por um curso de desenho pago?

Imagem 2

É justamente para aquele tipo de aluno que mencionei no parágrafo anterior: quem está em busca de informação com hierarquia, com conteúdo pensado com objetivo de construir conhecimento de maneira estruturada. É para quem quer suporte do professor, convivência em um grupo de colegas (afinal, é para isso que servem as comunidades fechadas de alunos do curso) para troca de experiências, e garantia do dinheiro e tempo investidos. E é também para quem quer ter um certificado de conclusão oficial do curso ao final.

Os principais argumentos de quem NÃO QUER PAGAR por um curso – e porque eles estão errados.

Agora chegou aquela hora em que você vai dizer aí: “lá vem o cara tentar me vender um curso de desenho…” Sim, você está certo. Eu adoraria ter você com a gente no curso Desenho de Super-Heróis. Porque eu sei que o curso será bom para você, sendo um dos mais completos e vitalícios do mercado, por estar acompanhando a evolução dos alunos que já estão seguindo o MTP e obtendo resultados incríveis, e porque sei que o valor do investimento tem um excelente custo/benefício. Mas muita gente tem uma série de restrições para investir em educação no Brasil. Por isso preparei esse parágrafo para rebater cada uma das objeções que você possa ter (e talvez tenha mais que uma). Confira só:

Eu não tenho tempo para treinar. 

Balela. Tempo NINGUÉM tem. Veja meu exemplo: acordo às seis, cuido da casa e da família, vejo os afazeres da minha empresa, gravo aulas para o curso online, dou aulas presenciais na sede física do curso, preparo diariamente um conteúdo vasto no Instagram, gravo vídeos semanais para o Youtube, corro 8 km 3 vezes por semana, cozinho, presto serviços de design para empresas, estou desenhando uma HQ mensal para o mercado americano… e ainda crio textos como esses para o blog. “Como ele faz isso tudo”, você pode se perguntar. Simples: eu organizo meu tempo e nunca procrastino nada. Pode não ser sua vibe. Sugiro que mude então. Faça o tempo que você precisa para encaixar as atividades que valoriza.

Ah, por último: como as aulas do curso são gravadas e você tem acesso vitalício a elas, assista quando e onde quiser. Na hora do almoço, depois da janta, domingo ao invés de ver Netflix. Prioridades.

Eu não tenho mais idade para aprender a desenhar.

Outra bobagem. Arte não tem idade. Desenho não é futebol nem balé, quando o fator idade dificulta o início da aprendizagem. No desenho é justamente ao contrário. Com a maturidade, vem a responsabilidade e o aumento de foco (afinal, você não precisa mais estudar para a prova de matemática terça que vem). Tenho alunos no curso de 30, 40, 50 e até 70 anos de idade. E todos falando a mesma língua: a do desenho. Não acredita em mim? Dá uma olhada no site do curso!

Eu não tenho dinheiro para pagar um curso.

Essa é complicada… afinal de contas, moramos no Brasil. Tudo está caro, o custo de vida é alto e – não vou mentir – desenho é supérfluo (a não ser que você trabalhe com desenho. Nesse caso é essencial). Então por que você deveria investir uma grana suada em um curso de desenho? Uma palavra: PIZZA.

Se você tem o hábito (como eu e tantos outros brasileiros) de pedir uma pizza no delivery de vez em quando, saiba que por menos do que uma pizza por mês você vai garantir acesso vitalício a um dos maiores e mais completos cursos de desenho no estilo super-heróis do mercado. Então peça menos uma pizza por mês por 12 meses, e garanta seu acesso imediato a todo conteúdo. E lembra, a pizza acaba. E engorda.

Espero que esse texto tenha te ajudado a tirar algumas dúvidas em relação aos cursos gratuitos versus cursos pagos. E seja lá qual for seu momento e nível (avançado ou iniciante), saiba que pode contar comigo em sua empreitada. Vai ser muito bacana ter você com a gente, seja lá no canal do youtube e no Instagram, seja no curso completo. O importante é desenhar.

Compartilhar
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram
Share on twitter
Share on whatsapp
Sobre o Autor
Giorgio Galli, o Gico
Giorgio Galli, o Gico

Gico é desenhista e quadrinista, atuando no mercado há mais de 20 anos. Já participou dos maiores eventos de quadrinhos do país, e lançou duas séries de quadrinhos independentes: Salomão Ventura – Caçador de Lendas e Esquadrão Vitória, que traz uma abordagem vintage para heróis brasileiros. Atualmente trabalha na série Pop Art Heroes, para o mercado americano. Gico coordena um curso de desenho que leva seu nome desde 2011, e foi baseado na experiência adquirida em sala de aula com mais de 1000 alunos que desenvolveu esse curso.