Usos de Histórias em Quadrinhos na Comunicação Empresarial – Primeiro Estudo: Treinamento

Usos de Histórias em Quadrinhos na Comunicação Empresarial – Primeiro Estudo: Treinamento

Treinamento: Imagem 1

Treinamento: Imagem 1

Imagine a seguinte situação: você é o diretor de RH de uma empresa que tem grande parte de seus funcionários operando equipamentos que necessitam o uso de equipamento de segurança. Coisas do tipo capacete, macacão de tecido reforçado, botas, luvas, óculos de segurança, protetor auricular… Vamos combinar que tudo isso é extremamente necessário para a segurança do funcionário, mas também é muito incômodo. Culturalmente falando, a maioria dos funcionários de “chão de fábrica” também acham o uso desses equipamentos “frescura”, e a resistência ao uso dos mesmos (ou pelo menos parte deles) é notória.

O custo dos acidentes de trabalho, tanto para empresa quanto para os funcionários e suas famílias é altíssimo, e a grande maioria poderia ser evitado com o simples uso dos equipamentos de segurança oferecidos. Tendo em vista esses fatos, as empresas inciaram um movimento no sentido de sensibilizar seus funcionários ao uso dos equipamentos.

Treinamento: Imagem 2

Treinamento: Imagem 2

Algumas usam palestras, com a participação de especialistas em segurança de trabalho, apresentação em power point, manuais de instrução e alguns outros instrumentos. Outros preferem usar a punição (seja suspensão ou multa do funcionário). O fato é que esses mecanismos podem ou não surtir efeito, vai depender, é claro, do quanto a comunicação foi efetiva, e o quanto o funcionário foi sensibilizado por ela.

Mas existe um instrumento de alto poder de penetração, e que por seu caráter lúdico e direto, unindo em doses certas mensagens técnicas, visuais e bom humor, conseguem atingir os funcionários de uma maneira ímpar: as Histórias em Quadrinhos Institucionais com foco em treinamento empresarial.

Os quadrinhos são uma forma de linguagem que já em sua apresentação interessam pelo aspecto visual; por sua forma direta, unindo informações visuais e texto, são fáceis de consumir, e mais fáceis ainda de serem lembradas; e o melhor: podem ser adaptadas ao linguajar, à cultura organizacional de cada empresa.

Vejamos o caso da empresa Triunfo Logística, que nos contratou através dos parceiros da agência que lhes atende, a Via Comunicação: Para sensibilizar os operários para a importância do uso dos equipamento, criamos uma HQ de oito páginas que apresenta o cotidiano de dois funcionários, ambos pais de família que saem juntos para o trabalho todo dia. Um é o funcionário exemplar, que usa todos os equipamentos e no final do dia volta pra casa ileso; o outro, mais bonachão, mostra resistência ao uso dos equipamentos e sofre as consequências, machucando os pés, mãos, olhos e cabeça, o voltando pra casa arrependido de seu descuido. Há ainda na HQ o enfoque emocional, de voltar para a família são e salvo, pronto para cuidar dos seus.

Treinamento: Imagem 3

Treinamento: Imagem 3

Dificilmente todas as mensagens pretendidas pelo cliente seriam passadas da mesma forma, com a mesma carga emocional, de humor e técnica em outra forma de linguagem. Talvez em um curta-metragem. Mas os custos e aspectos técnicos para produção dos mesmos seriam muito mais caros. E outra vantagem doas Histórias em Quadrinhos: elas podem ser levadas para casa, entregues aos filhos dos operários, que também são sensibilizados pela história, e reforçam a mensagem junto aos seus pais. Afinal, que filho quer ver o papai voltando para casa após um dia de trabalho todo machucado como o personagem descuidado da história em quadrinho em questão?

 

 

 

Categorias: Comunicação EmpresarialHistória em Quadrinhos